quarta-feira, 5 de outubro de 2005

As Associações de Professores de Educação Física

A Associação de Professores de Educação Física de Braga, foi a primeira Associação desta área disciplinar a nível nacional, registada notarialmente no dia 14 de Abril de 1982. Nos vinte e dois anos que passaram desde a sua fundação, formaram-se várias associações regionais do Minho ao Algarve, Açores e Madeira.
Em 1987 deu-se o primeiro encontro de Associações de Professores de Educação Física. Na sequência desse encontro foi criado em 15 de Março de 1990 o Conselho Nacional das Associações de Professores e Profissionais de Educação Física, estrutura de âmbito Nacional que congrega e coordena as APEF(s).
Se actualmente é inquestionável a importância da disciplina de Educação Física na formação das crianças e jovens no que respeita à promoção da saúde e de aquisição de estilos de vida saudáveis, muito se fica a dever a estas estruturas que nestes vinte e dois anos se têm empenhado na defesa da Educação Física como actividade curricular e do Desporto escolar como actividade de complemento educativo.
No historial do Movimento Associativo consta para além de inúmeras iniciativas de carácter formativo e informativo, a concepção e a realização de seis Congressos Nacionais de Educação Física, onde foram tomadas decisões marcantes no que concerne à Formação de Professores, Carreiras Profissionais, Papel da Educação Física no Currículo Escolar, Programas de Educação Física, que fizeram que a Educação Física seja tratada com seriedade e respeito.
As Associações de Professores de Educação Física, lutam pela defesa da ética e da deontologia profissional, promovem a valorização cultural, científica técnica e pedagógica dos seus associados nas áreas da Educação, Educação Física e Desporto e dignificam o papel e a actividade do grupo profissional na escola.

3 comentários:

«« disse...

Será que o debate da Educação Física terá o seu início na sua prórpia denominação? será que chamar Educação Física, à disciplina é suficiente, tendo em conta tudo o que esta faz para o aluno? Porque será que a geografia não se chama Educação Geográfica?

Anônimo disse...

Caro Miguel Sousa:
Dizem os estudiosos, pelo menos lá no porto, que o termo parece estar um pouco ultrapassado. O termo Educação Física ainda é do tempo em que se somava: corpo + mente = homem, e agora conhece-se o Homem (com H grande) não só como um somatório dessas duas partes... será bem mais complexo. O problema é que nós da Educação Física andamos , ainda, a remar um pouco contra a maré. Parece que as pessoas ainda perceberam a importância da disciplina e se vamos agora que começamos a ter talvez um início de consciencialização baralhar os baralhados para lhes explicar que o termo é incompleto, podemos estar a precipitarmo-nos. Temos sido tãopacientes qe mais um termo menos um termo não me parece importante. O que realmente interessa é que as pessoas entendam o que engloba a disciplina Ed. Física e a sua inmportância. Quando conseguirmos isso a nível na prática e não só na teoria, pois qualquer um diz que ED. Fis. é importante se lhe perguntarmos, então sim vamos lá actualizar o conceito.

E isto faz-me lembrar que a Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade Porto vai passar a denominar-se muito brevemente de Faculdade do Desporto e a sua cor passará a ser o verde alface.

Anônimo disse...

Sobre essa matéria pode ler-se muita coisa no blog Desporto e Direito, nos Arquivos julho 2006, principalmente nos comentários que ali se fazem.